Blog

novembro 23, 2021

O impacto do funil de vendas do marketing digital nas empresas


Fazer uma boa gestão das oportunidades de venda de um negócio é uma das tarefas primordiais de qualquer gestor. Afinal, a chave para o sucesso está em saber, não apenas qual o seu público-alvo, mas como conquistá-lo a fim de torná-lo seu cliente.

O funil de vendas é uma das ferramentas mais interessantes e que pode te ajudar muito nesse assunto!

Antes de tudo você precisa saber o que é um funil de vendas e para que ele serve. Confira!

O que é um funil de vendas?

O conceito de funil de vendas representa todo o processo de fechamento de um negócio, desde o momento da captação até a conversão final.

É o acompanhamento de um cliente desde o momento em que ele tem o primeiro contato com os produtos ou serviços da sua empresa até o momento em que a venda é fechada.

Através do funil, você poderá descobrir, por exemplo, como está a sua conversão de leads e suas oportunidades para vendas.

Para que serve o funil de vendas?

O principal objetivo do funil de vendas é a busca pela otimização dos processos da sua empresa na hora de conquistar e reter clientes. A partir do momento em que vocês passam a conhecer como o cliente se comporta na hora de eleger um produto ou serviço, da marca de sabão em pó ao curso de pós-graduação, por exemplo, fica muito mais fácil perceber quais as possíveis dúvidas em cada parte do processo.

Dessa forma, você pode passar a elaborar boas respostas para que essas pessoas possam se interessar cada vez mais no que você tem a dizer, construindo assim uma relação de confiança e, dessa forma, sua marca fica gravada como uma boa possibilidade para se fechar negócio.

É importante saber que o processo de decisão do cliente começa muito antes dele pensar em adquirir qualquer produto ou serviço. A jornada do consumidor passa por várias etapas antes de chegar na compra. E, é onde entra o marketing digital. Vamos te explicar!

O funil de vendas do Marketing Digital

Um funil de vendas de marketing digital é uma combinação de táticas de marketing utilizadas para estimular adequadamente os usuários das plataformas digitais a se tornarem clientes de sua empresa.

É essencialmente o processo de mover alguém do topo para o fundo do funil, ou seja, é o processo de mover um potencial cliente, que não conhece a sua empresa ou sua solução, por etapas que o tornarão um cliente real e fiel, que compartilha suas experiências com seus amigos e familiares.

As empresas com presença digital podem capturar leads, nutrir, converter e aumentar as vendas usando um funil de vendas no marketing digital. 

Imagine um funil de vendas de marketing digital como uma pirâmide invertida (como mostra a imagem abaixo). Seus clientes em potencial começarão na parte mais ampla do funil (superior) e, em seguida, por meio de estratégias de marketing digital alinhadas ao marketing de conteúdo, como sequências de e-mails e postagens em blogs, eles passarão por cada parte até que se tornem um cliente pagante. 

Funil de vendas do marketing digital

Quais são as etapas do funil de vendas do marketing digital?

  1. Topo do funil

A parte superior do seu funil é o estágio em que seus esforços de marketing são direcionados a um cliente em potencial que não conhece seu negócio, serviço ou marca. Por isso, o trabalho deve estar focado na apresentação do que você oferece. Isso é feito de várias maneiras:

  • publicidade em redes sociais ou sites que seu cliente-alvo pode visitar;
  • blog posts
  • vídeos
  • e-books
  • patrocínio de eventos locais;
  • campanhas de branding, e mais.

Todos esses são métodos comuns de apresentar alguém à sua marca. Nesta fase, também é interessante considerar que o seu cliente-alvo, ou persona, muitas vezes não sabe sequer que tem um problema. Dessa forma, é interessante que seu discurso seja pautado nessas necessidades.

  1. Meio do funil

No meio do funil, o objetivo é levar o potencial cliente à sua página de destino, ou landing page, e, em seguida, convencê-lo a preencher um formulário compartilhando com a sua empresa alguns dados em troca de conteúdo ou oferta de qualidade, como um e-book ou primeira consultoria gratuita, por exemplo.

Isso transforma um usuário em um lead. Nesta fase, a utilização de softwares de automação de marketing são fundamentais para nutrir o lead captado.

Entre as ferramentas interessantes para essa fase, estão:

  • marketing de conteúdo;
  • redes sociais;
  • e-mail marketing automatizado;
  • SMS marketing;
  • chatbot marketing.

Quando você apresentar um cliente em potencial ao seu conteúdo gratuito, mostrará o que você pode oferecer. Isso o leva ao fundo do funil, onde os leads são convertidos em vendas.

  1. Fundo do funil

É onde um cliente em potencial decide fazer negócios com você. Isso é chamado de conversão de vendas. Na maioria dos casos, as conversões são a forma como você mede o sucesso do seu funil.

Basicamente, os clientes que já estão na etapa de fundo de funil precisam de uma motivação final para concretizar a compra. Por exemplo, em um e-commerce, é o cliente que montou um carrinho de compras e o abandonou ou o que clicou várias vezes em seu anúncio do mesmo produto, mas não concluiu a compra.

É hora de dar aquele empurrãozinho e oferecer um frete grátis, um cupom de desconto ou qualquer outro incentivo que o faça fechar negócio.

Agora que você sabe como funcionam essas etapas, você pode usá-las para criar seu próprio funil de vendas marketing digital.

Referências:

Curso de Marketing de Conteúdo da Rock Content University – Vitor Peçanha

Avatar

Carina Santos

posts relacionados