Blog

novembro 29, 2021

E-mail Marketing e Newsletter: qual a diferença?


Apesar da variedade de canais e formatos para a divulgação de conteúdo, o e-mail continua sendo uma das ferramentas mais usadas pelas empresas na hora de se comunicar com clientes e elaborar estratégias de vendas.

Segundo uma pesquisa feita pela Rock Content, 95,9% dos usuários ainda checam sua caixa de entrada diariamente e 76,8% já realizaram pelo menos uma compra a partir do recebimento de e-mail marketing.

E embora ainda seja considerado um instrumento de grande potencial, uma dúvida quase sempre persiste na hora de montar um planejamento estratégico de comunicação: existe diferença entre e-mail marketing e newsletter?

O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing nada mais é do que a utilização do e-mail como ferramenta incisiva de marketing, que impacta diretamente quem recebe a mensagem. Ele é uma forma de atrair o público para o site, estimular o download de materiais para a captação de leads, mostrar novidades e distribuir o seu melhor conteúdo.

Essas ações podem ser feitas através de newsletter, como maneira de engajar a audiência, e-mail marketing promocional, como forma de divulgar produtos e promoções, ou como e-mail transacional, para melhorar o relacionamento com a sua base.

Sua privacidade, grande alcance, baixo custo de implementação e retorno imediato de suas ações, são alguns dos pontos que fazem do e-mail marketing uma ferramenta essencial de marketing digital.

O que é uma Newsletter?

Já uma newsletter, que também pode ser chamada de boletim porque tem esse objetivo: ser um boletim de notícias. É um veículo de comunicação como qualquer veículo. Para obter sucesso com newsletter é preciso ter periodicidade, critérios de edição, interação com os outros canais de comunicação e, principalmente, interação com o público alvo.

O objetivo da newsletter é criar vínculos com o leitor, gerando conhecimento de marca e confiabilidade, o que não só abre o caminho para a ação desejada, como estabelece um relacionamento com resultados de médio e longo prazo.

A newsletter é contínua e possui validade prolongada já que, mesmo armazenada, continua sendo útil. Além disso, seu visual não pode ser agressivo para não causar cansaço quanto à repetição e nem variar a ponto de não manter a identidade gráfica.

Exatamente por isso essa ferramenta é relevante e bastante diferente do e-mail marketing, pois não tem como objetivo principal a venda, mas sim ser um veículo de notícias. A newsletter se diferencia por ser uma opção mais informativa e periódica, onde o principal objetivo é manter uma boa relação com o público. Ações desse tipo são muito importantes, porque manter o público informado aumenta as chances de engajamento.

News ou e-mail marketing: qual formato é o mais adequado?

Tudo depende do objetivo da sua campanha. Os dois modelos podem, e devem, ser utilizados pela sua marca. Basta estar atento às diferenças de cada abordagem e construir um planejamento estratégico de acordo com os objetivos da sua empresa.

Ficou com alguma dúvida sobre a diferença dos formatos? Entre em contato com a gente e comece a planejar campanhas para a sua empresa!

Referências:

Curso Rock University – Marketing de Conteúdo, Vitor Peçanha

Curso Rock University – Copywriting, Amanda Albuquerque

Curso Marketing Digital – Resultados Digitais

Avatar

Carina Santos

posts relacionados