Blog

novembro 29, 2021

Descubra porque adotar a Gestão de Processos na empresa


Antes de tudo, você precisa saber o que é a Gestão de Processos e a sua importância.

Gestão de processos é um conjunto de práticas que visam o aperfeiçoamento contínuo dos processos organizacionais de uma empresa ou instituição. Esses processos podem ser vários, desde a compra de uma matéria-prima até a entrega de um produto para o consumidor.

Cientes sobre o que é gestão de processos, vamos falar o porque ela é tão importante! Separamos alguns motivos para você. Confira!

  1. Permite conhecer melhor seu negócio

A gestão de processos é baseada na cadeia de valor.  Esse conceito, criado por Michael Porter¹, consiste na representação do conjunto de atividades desempenhadas por uma organização. Ou seja, quando você faz a gestão de processos, é capaz de conhecer todos os fluxos de atuação da sua organização. 

Desta forma, você terá uma visão holística da empresa.

  1. A gestão de processos é baseada na cadeia de valor. 

Em uma empresa, várias atividades são desempenhadas ao mesmo tempo. Cada uma tem sua finalidade, e todas elas devem estar alinhadas aos objetivos estratégicos da organização. 

A gestão de processos ajuda a identificar os fluxos, possibilitando corrigir falhas e otimizar os processos.

  1. Possibilita a mensuração de resultados

Como a gestão de processos considera a proposta de valor do negócio, fica fácil reconhecer os fluxos que contribuem para que ela seja atingida. 

A partir disso, é possível estabelecer indicadores assertivos para medir a performance dessas atividades e até mesmo interpretar melhor os números que já são gerados.

  1. Cria sinergia entre as pessoas e as áreas

A gestão de processos ajuda a quebrar uma possível “panelinha” que existe nas empresas, onde cada equipe atua sozinha e não de forma integrada com o todo.

Isso porque as pessoas começam a perceber que os processos integram várias áreas, e é preciso que o trabalho seja realizado em conjunto (e em harmonia) para que os resultados sejam obtidos.

No mercado atual, adotar boas práticas de gestão de processos é praticamente um pré-requisito para uma empresa se manter competitiva.

Se não quiser perder mercado, você não pode se dar ao luxo de se acomodar e ser resistente à renovação das práticas em seu negócio.

Especialmente em empresas familiares, com gestores conservadores, é comum ouvir frases como “isso sempre foi feito assim e sempre funcionou”.

Não queremos dizer que é preciso receber de peito aberto qualquer sugestão de mudanças, ou que não se deve valorizar o conjunto de experiências adquiridas ao longo dos anos. Qualquer transformação no modo de conduzir uma organização precisa ser feita com muito critério.

Não é por que determinado método ou prática de gestão está na moda que a empresa deve ir na onda e adotá-la. É necessário entender qual é a proposta, seus pontos positivos e negativos e relacionar tudo isso com a realidade e os objetivos da companhia.

A gestão de processos é assim: nada será modificado se não houver uma razão bem clara para que isso aconteça.

Também não se trata de “procurar pelo em ovo”, mas sim de problematizar no sentido positivo, buscando maneiras de otimizar a atuação da empresa cada vez mais.

As necessidades e possibilidades que se apresentam para uma organização se transformam o tempo todo, e os processos precisam acompanhar esse movimento.

Prontos para aderir a gestão de processos na sua empresa?

Referências:

Livro: Gestão de Processos: Pensar, agir e aprender – Rafael Paim, ano 2009

¹https://blog.contaazul.com/descubra-como-usar-as-5-forcas-competitivas-de-porter-a-seu-favor

Avatar

Carina Santos

posts relacionados