Blog

junho 20, 2018

O Instagram limitou a entrega dos posts para 7% dos seguidores?


Nos últimos dias, pudemos perceber uma enxurrada de perfis no Instagram, em sua maioria marcas, informando aos seus seguidores de que a empresa de Zuckerberg teria limitado a entrega de seus posts para apenas 7% do público que as seguem.

Indo atrás da veracidade de tais informações, a fim de tomar as providências ideais, descobrimos a verdade sobre o caso e viemos compartilhar com vocês.

 

Limitou ou não limitou?

Recentemente a equipe do Instagram divulgou um algoritmo que já vem sendo utilizado há 2 anos pela marca e isso gerou todo um burburinho, como se fosse uma novidade que viesse a prejudicar todos os perfis na rede social. Portanto, nada a mais foi limitado e tudo não passou de uma fake news.

O que continua definindo o que aparece no seu feed é o que você demonstrou interesse, seja pessoas ou assuntos, através do seu nível de engajamento com tal perfil, com curtidas, comentários, respostas à enquetes, etc.

Quer saber como se proteger das notícias falsas e evitar alarde? Veja abaixo algumas dicas que separamos.

 

Como posso evitar de cair em fake news?

Desconfiou? Apure!

Tá achando a notícia pouco provável ou tendenciosa? Coloque o seu lado detetive para trabalhar e apure as informações. Busque sobre a autoria e o que outros canais estão falando há respeito do assunto.

Primeiro, as fontes

É importantíssimo avaliar o texto lido e verificar se informa as fontes que concederam aquelas informações. Quais citações foram incluídas? Elas são consistentes? Existe algum tipo de crédito para agências de notícia ou menção a outros veículos jornalísticos? Checar e pensar sobre estes pontos é “batata” para desmascarar as fake news.

E o veículo, você conhece?

Ao ler uma notícia o ideal é sempre saber onde ela está sendo veiculada. Há diversos portais de notícias conhecidos, mas caso o site que você leu seja desconhecido, comece a  desconfiar. Entre no endereço e observe se é ele ativo nas postagens e se as informações coincidem com outros portais.

Cheque as datas

Hoje é muito comum vermos matérias antigas ganhando notoriedade nas redes sociais. Portanto, fique atento para a data de publicação da notícia.

Não pare no título

Os títulos são feitos de modo que despertem a atenção do leitor, mas em alguns casos estão longe de ser de fato sobre o real conteúdo da matéria. Sempre que ver uma chamada desse tipo, leia a matéria para entender sobre o que se trata e passe longe de sensacionalismos desnecessários.

MOBIC

Somos uma agência com foco em aproximar pessoas e marcas para gerar relacionamentos e negócios.

posts relacionados