Blog

dezembro 21, 2018

Instagram: novo estudo analisa as melhores práticas na plataforma


O Instagram é uma mídia que está em ascensão e, sem dúvida, terá um papel maior nas estratégias de Social Media de muitos negócios quando entramos em 2019. Com o Facebook apontando o declínio constante, e o público ativo do Instagram agora subindo acima de um bilhão por mês, o hype em torno da plataforma faz sentido. Mas para obter o máximo dessa perspectiva, seria interessante saber quais são as tendências mais recentes e os comportamentos de uso e como incorporá-los em seu processo.

É aí que esse novo relatório da Quintly pode contribuir, o estudo nos ajuda a entender melhor o que está funcionando no Instagram no momento. A pesquisa analisou 44.232 perfis no Instagram e mais de 8,9 milhões de posts acumulados, entre dia 1 de janeiro e 30 de setembro de 2018, para entender o que está gerando o maior engajamento, como os perfis estão crescendo e nos fornecer alguma indicação do que se pode esperar. Aqui está o que encontraram, confira!

 

1- Vídeos geram até 21,15% mais interações do que posts estáticos
Isso provavelmente não é uma surpresa, mas o conteúdo de vídeo tem um desempenho significativamente melhor do que os posts de imagem regulares no Instagram.

Segundo os dados de Quintly:
– Vídeos geram 21,15% mais interações (curtidas e comentários) do que imagens em média;
– Vídeos geram 18,57% mais interações do que carrosséis de imagens;

– Os carrosséis apresentam mais interações de 2,18% do que os posts de uma única imagem.

Apesar disso, as imagens fixas são, de longe, o tipo de post mais comum no Instagram – a Quintly também descobriu que 72,58% de todas as postagens publicadas são imagens fixas, com posts de vídeo representando apenas 16,74%.
Ou seja, se você deseja gerar o máximo de resposta, considere o conteúdo de vídeo, o aumento no engajamento e, como resultado, o alcance, conforme determinado pelo algoritmo, claramente vale o esforço.

 

2- Menos hashtags é melhor

Usuários também responderam melhor a menos hashtags em um post. De acordo com os dados de Quintly, a maioria dos usuários mantém a hashtag baixa, mas é um spread bastante uniforme.

 

3- Emojis podem estimular resposta
Quintly também descobriu que, embora a maioria dos usuários do Instagram (54,89%) não use emoticons em suas postagens, a maioria viu os benefícios de engajamento quando eles adicionaram pelo menos um.
“Grupos de perfis de tamanho médio (menos de 10k a 1m de seguidores) tenderam a receber mais interações quando usaram mais de 10 emojis por postagem, enquanto perfis menores pareceram estar melhor quando usaram de 1-3 emojis.”
O quanto você se sente confortável com os emojis é uma preferência individual, mas as estatísticas sugerem que incluir pelo menos um ou dois emojis em suas postagens pode ter um impacto positivo no engajamento.

 

4- Fins de semana apontam maior engajamento
No elemento final do relatório, Quintly descobriu que a grande maioria das atualizações (76,13%) é publicada nos dias úteis. Mas o fim de semana tem melhores níveis de engajamento. “Nós vimos interações muito maiores nos sábados e domingos. As postagens feitas no final de semana aumentaram em 22,29% as interações”.

Analisando que há menos concorrência nos finais de semana, e as pessoas têm mais tempo livre, faz sentido considerar a postagem no final de semana para maximizar o desempenho.

Existem um monte de elementos interessantes a considerar aqui, diversos pontos de partida para começar a sua própria experimentação e teste. Nem todas essas tendências serão refletidas em suas próprias descobertas, mas fornecem algumas boas indicações de como você deve otimizar seus esforços na plataforma.

E aí, qual você achou mais interessante? Conta pra gente nos comentário! 🙂

 

MOBIC

Somos uma agência com foco em aproximar pessoas e marcas para gerar relacionamentos e negócios.

posts relacionados