Blog

fevereiro 8, 2017

Agência x Consultoria


Em um mundo onde as pessoas são bombardeadas de informações por todos os lados e a todo momento, existe um grande desafio na hora de saber de que forma obter os melhores resultados. Nem tudo que anteriormente funcionava para atingir esse objetivo continua sendo garantia de sucesso e por isso, as marcas precisam reinventar a forma que relacionam-se com o público. O tempo entre o consumo de uma marca visualizada em uma mídia e a decisão de compra, se resume, muitas vezes, em um único clique.

Esse cenário complexo faz com que agências e consultorias disputem o mesmo espaço no mercado. As agências (com sua criatividade característica) X As consultorias (com sua visão analítica e voltada para negócios), agora convergindo num mesmo sentido.

De acordo com a Ad Age, no ranking das maiores agências de Publicidade do mundo em 2016, não aparecem apenas os nomes que éramos acostumados a ouvir e que focam em mídia tradicional. Além delas, consultorias como Deloitte, Accenture, KPMG e PwC, estão muito bem posicionadas. A Accenture, por exemplo, adquiriu dezenas de empresas de Marketing, somando assim suas expertises e passando a atuar alinhada aos objetivos e estratégias dos seus clientes.

As agências que entregam apenas o desenvolvimento de conceitos e serviços de criação têm perdido espaço para aquelas que dominam estratégia de negócios de alto nível. A partir de agora, os profissionais dessas agências não devem ser apenas criativos e descolados, eles devem pensar em como aumentar os números e gerar mais resultado para o cliente e estão aprendendo cada dia mais sobre termos muitas vezes estranhos a esse meio, como Payback, VPL. Essa nova realidade faz com que esses profissionais trabalhem alinhados e mais próximos das estratégias do seu cliente, sendo benéfico para todos os envolvidos, mas principalmente a quem mais importa, o cliente.

Numa visão pessoal, não importa se a empresa se denomina como agência ou consultoria, mas o que importa é o resultado que ela entrega.

Gabriel Soares

Gabriel Soares

Sócio-diretor da MOBIC, Administrador de Empresas, apaixonado por marketing e gestão, apreciador de um bom café (quase um vício), música de qualidade e sempre disposto a uma boa conversa.

posts relacionados
comentários
  1. Paulo Machado disse:

    Show de bola! Tenho essa mesma visão!

  2. Wemmerson Seixas disse:

    Excelente post, Gabriel! Esse é um assunto que faz muito sentido… Para o cliente, que precisa otimizar, cada vez mais, seu orçamento e, portanto, tem que estar seguro com quem lhe atende. Para a agência, que precisa se reinventar.

escreva um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.